Conheça sete atletas que anunciam aposentadoria nos esportes de neve nesta temporada

Lydia Lassila, Ole Einar Bjørndalen…Grandes nomes dos esportes de neve se aposentam

alla tsuper

07/05/2018 - 4:30

Fim de temporada, em especial após o término de mais um ciclo olímpico, é perfeitamente normal que alguns atletas anunciem sua aposentadoria. E com os esportes de inverno, não é diferente. Passada a edição de PyeongChang 2018, reunimos sete dos principais nomes que nesta temporada encerram suas carreiras. Confira:

 

Marit Bjørgen

marit bjørgen

Simon Pierre Barrette

A legendária atleta do Ski Cross Country anunciou no dia 06 de Abril que estava se aposentando do esporte. Ela disse que o processo para a tomada dessa decisão veio acontecendo de maneira natural ao decorrer do ano passado. Durante a temporada, teve então a certeza de havia chegado ao seu limite.

Bjørgen é a atleta olímpica mais premiada na história dos Jogos de Inverno, tendo ganhado 15 medalhas olímpicas em cinco jogos consecutivos, sendo eles 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018. Ela é a maior medalhista feminina e, de maneira geral, dos Jogos de Inverno, além disso, também conquistou 114 Copas do Mundo Individuais de 303 que participou.

 

Ole Einar Bjørndalen

Bjørndalen

Bjørndalen – Tor Atle Kleven

O Rei do Biathlon comunicou no dia 03 de abril a sua aposentadoria em uma conferência muito emocional na sua cidade natal, Simostranda (Noruega). Ele admitiu que vem sofrendo de taquicardia nessa última temporada, mais especificamente em três episódios diferentes. Apesar de tudo estar sob controle, Bjjørndalen preferiu não passar por esse desconforto e risco.

Durante a conferência, disse emocionado: “Minha motivação é imparável. Eu tenho o prazer e a motivação para me dedicar a esportes que são simplesmente incríveis. Eu gostaria de ter mais alguns anos, mas esta é a última temporada”.

O Rei do Biathlon ganhou 13 medalhas, sendo oito de ouro, em Jogos Olímpicos e se tornou, assim, o maior medalhista masculino Olímpico de Inverno. Também ganhou 45 medalhas em Campeonatos Mundiais de Biathlon, dos quais 20 são de ouro, e uma medalha de ouro no Campeonato Mundial de Ski Cross Country.

 

Justyna Kowalczyk

justyna kowalczyk

Frankie Fouganthin

A atleta olímpica mais condecorada da Polônia e do Ski Cross Country publicou no dia 23 de março, nas suas contas das redes sociais, que estava se aposentando. Ela disse que sua única competição futura seria doméstica ou como membro da equipe no revezamento em Campeonatos Mundiais.

Justyna ganhou duas medalhas de ouro olímpicas individuais, oito medalhas de Campeonatos Mundiais, 4 títulos gerais da Copa do Mundo e um recorde de quatro títulos consecutivos do Tour de Ski. Ela venceu 50 eventos da Copa do Mundo, perdendo apenas para sua antiga rival norueguesa Marit Bjørgen.

 

Hannu Manninen

hannu manninen

Hannu Manninen – Alexander Nilssen

Atleta do Combinado Nórdico, com uma carreira de mais de 20 anos de muitas conquistas, Manninen comunicou que se aposentaria, pois é hora de dar espaço para os jovens atletas que estão progredindo muito bem no time da Finlândia.

Manninen conquistou medalha olímpica de ouro em Salt Lake City 2002, prata em Nagano 1998 e uma de bronze em Turim 2006. Ganhou seis medalhas em Campeonatos Mundiais, sendo uma de ouro no individual e duas em equipe. Também é detentor do maior número de vitórias em Copas do Mundo, 48 no total. Um recorde imbatível até hoje.

 

Emil Hegle Svendsen

emil hegle svendsen

Emil Hegle Svendsen – Scott W

Atleta de Biathlon, aos 32 anos anunciou no dia 09 de abril sua aposentadoria, depois de participar de quatro Jogos Olímpicos de Inverno e ganhar oito medalhas, além de 21 medalhas em Campeonatos Mundiais, sendo 12 de ouro.

Svendsen estreou nos Jogos Olímpicos de 2006 com 20 anos, mas foi somente na temporada 2009-2010 que ele começou a fazer história, ganhando uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2010.

 

Lydia Lassila

lydia lassila

Mike Ehrmann – Getty Images

Uma grande estrela do Ski Freestyle anunciou na última semana, dia 25 de abril, que estava deixando as competições. Conhecida como “A Canguru Voadora” (Flying Kangaroo), ganhou medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Vancouver 2010 e depois de quatro anos voltou ao pódio em Sochi 2014, com o bronze.

Lassila havia parado por um tempo, mas voltou com toda força em 2017. Com tanta força que nas últimas duas temporadas ganhou cinco Copas do Mundo de Ski Freestyle. No total, ela soma 16 vitórias e já se garantiu 39 vezes no top 3 destes eventos.

Depois de voltar a competir em alto nível nessa temporada, a atleta de Belarus anunciou também no último dia 25 de abril sua aposentadoria definitiva. Ela retornou ao alto nível a fim de participar de mais uma edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, tendo aparecido em seis no total.

 

Alla Tsuper, Ski Freestyle

alla tsuper

Alla Tsuper no centro, com Lydia Lassila à esquerda – Sochi 2014

Depois de voltar a competir em alto nível nessa temporada, a atleta de Belarus anunciou também no último dia 25 de abril sua aposentadoria definitiva. Ela retornou ao alto nível a fim de participar de mais uma edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, tendo aparecido em seis no total.

Alla competiu em 82 Copas do Mundo de Ski Freestyle, ganhando oito vezes e aparecendo no pódio 27 vezes. A sua maior conquista foi uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi em 2014, com a manobra full-full-full jump.

Além desses sete nomes de peso dos esportes de inverno, confira aqui outros que se aposentam nessa temporada e foram destaque no site da Federação Internacional de Ski.

Sem dúvidas, todos tiveram uma carreira incrível, e não será fácil tanto para eles quanto para nós não vê-los mais nas pistas mundo afora. Saudades de suas incríveis performances é o que nos resta!

Confederação Filiada ao:

Comitê Parceiro:

Apoio Técnico:

Apoio:

Confederação Brasileira de Desportos na Neve

Rua Pequetita, 145 - 1º andar - cj. 14 - 04552-060 São Paulo - SP - Brasil

Telefone: +55 (11) 3018 8011 - Fax: +55 (11) 3018 8015