Michel Macedo conquista melhor resultado da história do Ski Alpino brasileiro

Em prova de Slalom Gigante, o atleta fez 27.97 pontos FIS – novo recorde e um marco no esporte na neve do país.

Michel Macedo GS OWG credito Gustavo Harada/COB

21/02/2019 - 5:56

No último domingo (17/02), Michel Macedo representou o Brasil em campeonato Universitário de Ski Alpino nos Estados Unidos. Na prova de Slalom gigante, o jovem atleta, de apenas 20 anos, conquistou o melhor resultado da história do Ski Alpino nacional: 27.97 pontos FIS.

“Um resultado abaixo dos 28 pontos FIS em Slalom Gigante é um recorde muito expressivo para a modalidade no país. E é, também, a menor pontuação alcançada por um brasileiro entre as cinco disciplinas deste esporte”, explica Stefano Arnhold, presidente do Conselho Consultivo da CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve.

Além do recorde nacional e da pontuação expressiva, o atleta garantiu um Top 20 na competição, ficando à frente de atletas de potências das modalidades de inverno, como Estados Unidos e Canadá. “Fiquei muito feliz com o resultado, achei que eu estava esquiando muito bem nos treinos antes desta competição. Eu estava fazendo tempos melhores que os meus parceiros aqui e esperava fazer pontos expressivos nessa prova. A neve aqui está bem boa, estou conseguindo treinar todo dia, estou progredindo muito e me sinto muito bem”, conta o jovem atleta.

A recuperação e próximos desafios

Michel Macedo não surpreende só nesta temporada: o atleta foi um dos representantes do Brasil nos Jogos de Inverno de PyeongChang, quando tinha apenas 19 anos. Durante treinamento dos Jogos, ele lesionou o joelho e, devido a isso, esteve em repouso e recuperação por quase nove meses do ano passado. “Eu estou bem feliz com meu progresso, há um ano eu me lesionei em PyeongChang e eu não esquiei por, mais ou menos até novembro do ano passado. Retomei devagar, estou recuperando a forma e ver os resultados chegando depois disso é ainda mais gratificante” – explica.

“O resultado do Michel é fantástico. Ele demonstra evolução a cada ano e agora mostra que está recuperado de sua lesão com um resultado histórico, consolidando seu nome como o melhor esquiador da história do país”, completa Pedro Cavazzoni, CEO e Superintendente Técnico da CBDN.

Questionado sobre os próximos desafios, Michel deixa claro que segue se dedicando para ainda melhores resultados: “agora, meu maior desafio é terminar essa temporada neste ritmo, conseguir resultados tão bons ou melhores quanto esse e, claro, já me preparar para as próximas”, conta. O próximo compromisso do atleta é no dia 22 de fevereiro, em outra prova de Slalom Gigante pela mesma competição.

Confederação Filiada ao:

Comitê Parceiro:

Apoio Técnico:

Apoio:

Confederação Brasileira de Desportos na Neve

Rua Pequetita, 145 - 1º andar - cj. 14 - 04552-060 São Paulo - SP - Brasil

Telefone: +55 (11) 3018 8011 - Fax: +55 (11) 3018 8015

X