Com participação de Matheus Vasconcellos, Brasil se supera em Mundial Júnior e Juvenil de Biathlon

O atleta fez o melhor resultado júnior da história do Brasil na modalidade

05/02/2019 - 5:24

O jovem atleta Matheus Vasconcellos, 18 anos, fez história no Biathlon nos últimos dias. Representando o país, junto com Lucas Martins, no Mundial Júnior e Juvenil de Biathlon – que ocorreu de 26 de janeiro a 03 de fevereiro em Osrblie, na Eslováquia – Vasconcellos conquistou o melhor resultado júnior da história do Brasil na modalidade.

Na prova individual, o atleta se classificou entre a primeira metade dos competidores e apresentou um desempenho muito expressivo: foram 17 acertos dos 20 tiros, uma marca incrível que juntamente com a ótima performance de ski apresentada, o que lhe rendeu o recorde nacional da categoria com o percentual de 13.65% (em relação ao primeiro colocado da prova). Para entender a relevância da colocação, Vasconcellos garantiu ao Brasil uma posição na frente de diferentes potências do esporte na neve, como Áustria e Finlândia. Além disso, esse resultado ainda garantiu uma vaga na prova de Perseguição para o atleta.

“O resultado do Matheus é histórico para o esporte na neve brasileiro, foi a melhor participação masculina nossa em um Mundial Júnior e Youth de Biathlon. Hoje ele está entre os 50 melhores da categoria dele na modalidade”, comemora Caio Freixeda, gestor do Biathlon na CBDN – Confederação Brasileira de Desportos na Neve. “Hoje, o Matheus possui um nível de tiro similar a dos melhores atletas do mundo. Falta melhorar a parte de condicionamento físico, mas o caminho é esse”, reitera.

O ótimo resultado na prova de Sprint, com 9 acertos em 10 tiros, do atleta também garantiu a ele a primeira classificação da história do país para a prova de Perseguição no Campeonato Mundial Youth e Junior, onde apenas os 60 melhores atletas do mundo largam para uma disputa baseada nos resultados da prova de Sprint anterior.

No momento, a equipe júnior de Biathlon continua em treinamento em Livigno, na Itália, um dos Centros de Treinamento da CBDN. Além dos camps em neve realizados na Itália durante a temporada do hemisfério norte, os atletas também treinam com o rollerski (o ski de rodinhas, adaptando a modalidade para o asfalto) e carabina laser em São Carlos.

A trajetória de Matheus Vasconcellos

Aos dez anos de idade, Matheus se mudou do Rio de Janeiro, onde vivia, para a Áustria, com a mãe (brasileira) e o padrasto (austríaco).  Logo nos primeiros meses na nova casa, Matheus começou a esquiar e a tomar gosto pelas modalidades de inverno, mas a princípio só se aventurava no Ski Alpino. Há sete anos, provou o Ski Cross Country, foi se desenvolvendo no esporte e depois partiu para o Biathlon. Atualmente, o atleta representa o Brasil nas duas modalidades (Biathon e Cross Country).

Aliás, vale lembrar que, em janeiro deste ano, Matheus também conquistou o melhor resultado de Sprint do Ski Cross Country nacional. “No começo eu nem sabia que havia quebrado o recorde brasileiro. Fiquei bastante feliz quando soube, foi uma boa motivação para os treinos e próximas competições e um início para poder evoluir mais”, conta o atleta. O próximo foco do atleta agora é o Campeonato Mundial de Cross Country que ocorre dia 21 de fevereiro na Áustria.

 

 

Confederação Filiada ao:

Comitê Parceiro:

Apoio Técnico:

Apoio:

Confederação Brasileira de Desportos na Neve

Rua Pequetita, 145 - 1º andar - cj. 14 - 04552-060 São Paulo - SP - Brasil

Telefone: +55 (11) 3018 8011 - Fax: +55 (11) 3018 8015